Páginas

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Breve História do Brasil e manifesto "Pela eterna continuidade do PT", por Néscio Vetusto


Recebi uma mensagem educada de um petista (sim, existe petista educado!) e, pelo mesmo motivo que não deixaria de publicar uma foto que eu mesmo tirasse do Cometa Harley, publico aqui a dita.
Em tempo: pelo que consta, esse senhor petista é parente muito próximo de uma famosa velha senhora de Taubaté, que anda um tanto calada, constrangida.

                                                                    ***

Fonte: resistenciademocraticabr.blogspot.com
Não consigo entender quem não vai votar na Dilma no próximo domingo. Ouço argumentos terríveis, falaciosos, equivocados, mendacíssimos.

Talvez o mais equivocado de todos seja dizer que Lula, Dilma e o PT querem implantar uma ditadura constitucional no Brasil, a exemplo do que ora é feito por Chávez na Venezuela e por Evo Morales na Bolívia.

Como isso se daria? Através do PNDH-3? Ora, que besteira! Mesmo que o PNDH-3 fale em rever o direito dos cidadãos à propriedade privada, introduza limitações à liberdade de imprensa e cerceie até as opiniões pessoais dos indivíduos, ele o faz de forma muito democrática e republicana.[1] Não temos por que temer – e eis os motivos:

1 – Lula e Dilma foram traídos pela correria do dia-a-dia, por essa rotina atribulada que têm as pessoas importantes, e assinaram o documento sem lê-lo! [2]

2 – Não há incoerência em, primeiro, Lula e Dilma dizerem que não leram o Plano, depois defendê-lo e por último alterá-lo para agradar eleitores setores da sociedade.[3] Isso só mostra como as pessoas podem evoluir e mudar de opinião. Lula e o PT não eram inimigos de morte de Collor e Sarney? E hoje não estão todos juntos para perpetuar no poder conchavos políticos/partidários/familiares fazer o Brasil avançar ainda mais?

3 – Last but not least, ainda que o PNDH-3 fosse um recurso ditatorial, qual Seria o problema? Se Lula, Dilma, Zé Dirceu e o PT são bons para o Brasil, não vejo problema em o poder ser absoluta e totalitariamente exercido por eles. Se a economia vai bem e eu posso comprar meu carro sem IPI, não estou nem aí para liberdade de expressão, opinião e culto e direito à propriedade privada e a educar meus filhos como quero etc. (até porque esses conceitos são conservadores e retrógrados). Ok, eu sei que a política econômica é a mesmíssima do governo FHC, que o presidente do Banco Central já foi eleito deputado federal pelo PSDB... Mas o jeito PT de governar é diferenciado, tem algo de especial, de divino! De mais a mais, quem não vai querer uma das 100 mil vagas que uma possível Censuradoria Geral da União poderá abrir?


Desfeito esse argumento anti-PT, vamos a outro: corrupção.


Sei que o PT passou vinte anos posicionando-se como paladino da ética e que quando chegou ao poder acabou fazendo um ou outro jogo "sujo" (na opinião da imprensa golpista, obviamente). Mas isso faz parte da abnegação petista, são sacrifícios democráticos e republicanos. Se ELES foram corruptos para o mal, nós fomos para o bem, o bem do povo brasileiro. Ademais, em geral, é tudo invenção da mídia golpista.

Por exemplo, o Mensalão. Quando o suposto escândalo estourou, cabeças rolaram e não teve como disfarçar o envolvimento de Lula no caso.[4] Depois, o presidente afirmou não saber de nada – e isso não denota incompetência administrativa, apenas comprova que Lula é tão bom que maldade alguma chega perto dele. Por fim, hoje sabemos que foi tudo obra da imprensa golpista, que depositava dinheiro nas contas dos parlamentares da base aliada para parecer que o governo comprava votos e apoio no Congresso. E depois querem ter liberdade.

Da mesma forma o caso Erenice... ... ... ... ... ... ... ...
Bom, esse caso o partido ainda não me informou como defender. Mas tenho certeza de que é invenção da imprensa golpista e de que Erenice ainda será comparada a Tiradentes!


Agora que já desmistifiquei dois dos principais argumentos contrários a Lula, Dilma e ao PT, falarei de pontos positivos – acessíveis a qualquer pessoa que preste atenção nas propagandas do Governo, nas falas de Lula e na campanha de Dilma. Aos fatos [e contra fatos não há argumentos].


Todos sabem que até 2002 a economia brasileira era baseada na produção de café e de cana-de-açúcar e que a política econômica do governo limitava-se a negociar com os produtores o valor que pagaria a eles pelos excedentes. Quando Cabral foi embora, em 31 de dezembro de 2002, levou toda a reserva de espelhos e badulaques que o governo guardava para negociar com seus principais parceiros (a Prússia e o Império Austro-Húngaro), esvaziando os cofres e deixando uma herança maldita para o governo Lula, que começaria no dia seguinte.


Mas não tem nada não! Quando assumiram, em 1º de janeiro de 2003, Lula e o PT sacudiram a poeira e iniciaram a civilização do Brasil. A primeira medida foi extinguir o escambo e estabelecer o Plano Real (concebido por Lula em uma discussão que teve em uma aula que ministrou na Universidade de Viena, no início dos anos 1970, com seus alunos Ludwig von Mises e Frederich Hayek), o que facilitou o controle da inflação, que era de 145.567.351.673.309% até o fim de 2002 e passou para –900% a partir da inovadora política econômica de Lula.

Em um esforço fora do comum, antes do terceiro mês de gestão petista foi concluída toda a malha rodoviária que nos permite hoje rodar pelo Brasil. Deste modo, a população não mais viveria apenas no litoral, podendo habitar e desenvolver outras Capitanias.

Em duas tardes tediosas e chuvosas de 2003, inspirado por uma semana de intenso trabalho na tradução da Constituição Americana e de A República, de Platão (do inglês e do grego, respectivamente, para o português), o presidente Lula escreveu a Constituição do Brasil, cujo texto foi atentamente revisado pela Mestre sem mestrado e Doutora sem doutorado Dilma Rousseff.[5]

Em outubro do mesmo ano, depois de 50 anos de protelação por parte dos governos anteriores (feudais e imperiais), Dilma aconselhou Lula a criar a Petrobrás e a começar a exploração do petróleo no Brasil.
Em janeiro de 2004 Dilma cavoucou pessoalmente o buraco do primeiro poste de energia elétrica instalado no país.

Nossa candidata também foi responsável pela criação de Brasília! Em março de 2004, Dilma, que, como poucos sabem, cursara arquitetura enquanto estudava táticas militares em Leningrado com Fidel e Stalin, entregou um de seus rascunhos a Oscar Niemeyer (imagem ao lado).

Um mês depois, no almoço de inauguração da Granja do Torto, Lula, Collor, Sarney e Zé Dirceu revezavam-se ao piano e aos violinos em um recital de música erudita para os amigos. Em um momento de improviso, mesmo com um dedo a menos (perdido na Batalha em que expulsou Bush e o FMI do Brasil, colocando em prática o grito “Yankees, go home!” e impondo a primeira grande derrota militar aos EUA desde o Vietnã), Lula tocou as primeiras notas daquilo que hoje conhecemos por Hino Nacional. E pediu para seu grande amigo, o poeta Tarso Genro, escrever a letra do Hino. Tarso fez com a mesma primazia com que escrevera seus poemas ["Quanto te esperei e quanto sêmen inútil derramei até o momento"].[6]

Stalin, Lenin e Dilma. "Camaradas de armas!"
Fonte: www.vanguardapopular.com.br

Poderia ficar um mês dando exemplos do bem que o PT fez para o Brasil. O governo Lula nos deu os direitos trabalhistas, trouxe a energia elétrica e a água potável, criou as primeiras universidades federais, aboliu a escravidão...

Com tudo isso, não entendo que se considere um exagero Lula comparar Dilma Rousseff a Jesus Cristo; primeiro porque sabemos que isso de religião é coisa de burguês que quer manipular os mais pobres e, segundo, porque, se Cristo existiu mesmo, é difícil saber se ele foi mais perseguido e torturado pelos poderosos do que Dilma.[7]

Da mesma forma, Lula não pode ser considerado megalomaníaco por comparar Dilma a Nelson Mandela! Ele é, sim, realista. Nenhum líder de nenhum país é superior a qualquer membro do sacrossanto PT, mesmo que esse membro jamais tenha tido mais que pequenas participações burocráticas, como nossa querida Dilma.

Acredito que até a véspera da votação do dia 31 próximo, Lula deverá afirmar (como nos informam os amigos do www.sensacionalista.com.br), sem medo de errar, tudo aquilo que a oposição tenta esconder:
·           quando Neil Armstrong chegou à Lua, Dilma estava lá para recebê-lo;
·           Deus criou o mundo em seis dias – no sétimo, Dilma deu uma retocada;
·           Che Guevara usava uma camiseta com Dilma estampada;
·           Einstein estava confuso – Dilma lhe disse: “Calma, tudo é relativo”;
·           Chuck Norris tem medo de Dilma;
·           Buda tinha uma pequena estátua de Dilma em casa;
·           Dilma recusou uma cantada de José Mayer;
·           Dilma sabe como é a voz de Dona Marisa.

Por todos estes fatos irrefutáveis, que só a oposição ressentida e a imprensa golpista insistem em negar, é que voto Lula! Digo, voto Dilma!!!

Néscio Vetusto da Silva.
Taubaté, 28 de outubro de 2010.

"Obrigado, Dilma!"


[1] – Decreto golpista de Lula usa direitos humanos para tentar censurar a imprensa e quer movimentos sociais substituindo o Congresso: http://twixar.com/fJS7F.
[2] – Lula e Dilma assinaram sem ler. Mas estão de acordo com o Plano Ditatorial: http://twixar.com/0mX.
[3] – Governo recua, mas ainda há riscos: http://twixar.com/akZKw
[4] – Saiba tudo sobre Lula e o Mensalão: http://www.escandalodomensalao.com.br/.
[5] – Dilma e o Diploma falso: http://twixar.com/nhib.
[6] – O poeta Tarso Genro: http://twixar.com/T2wck.
[7] – Lula compara Dilma a Jesus Cristo: http://twixar.com/XWltds.
[8] – Lula compara Dilma a Nelson Mandela: http://twixar.com/pZSjV.


Palavras-chave: Lula, Dilma, PT, Jesus Cristo, Mensalão, Eleições, Collor, Sarney, Zé Dirceu.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Vote em Dilma e ganhe um pacotaço com Collor, Sarney, Zé Dirceu e MST de brinde



Muita gente BACANA está com Dilma!!!

Só falta você nesta imensa onda fanfarrona e cara-de-pau que toma conta do Brasil há 8 anos!

Se você quer fazer parte da onda vermelha que vai DETONAR o Brasil, faça como 63,5% dos PRESOS de SP [1] e junte-se a esta gente seleta: 

Collor, Sarney, Zé Dirceu, Chávez, Erenice, Renan Calheiros, Genoino, MST... já estão com Dilma!!! Só falta você!

Veja o que toda essa gente honrada fala de Dilma Housseff [2].



Fernando Collor de Mello, ex-presidente, cassado por um sem-número de casos de corrupção e improbidades e grande especialista em integridade:
ss
<< No momento em que o presidente disse que a Dilma seria a candidata dele, que nós estamos com ela perfilados. Além disso, uma pessoa íntegra. >> (sic)




José Sarney, imperador do Maranhão e do Amapá e emissor incontrolável de atos secretos no Senado:
ss
<< Eu sempre defendi o apoio do PMDB à candidata Dilma. >>




Paulo Maluf, aquele que rouba [muito] mas faz [pouco], procurado pela Interpol:
ss
<< Ela é uma mulher verdadeiramente guerreira, de personalidade. >>






Hugo Chávez, ditador venezuelano, amigo das FARC, de Fidel Castro, Lula e Dilma:
ss
<< Uma grande companheira! Dilma Rousseff vem da linha dura! >>




José Dirceu, Deputado Mensaleiro cassado, antecessor de Dilma na Casa Civil:
ss
<< Dilma dará mais poder ao PT!
Minha camarada de armas... >>




Erenice Guerra, amiga íntima de Dilma e sucessora da candidata na Casa Civil. Criou o Bolsa-Família Prime, fazendo dela e de seus filhos uma família milionária através do uso de Cartões Corporativos e de tráfico de influências no Palácio do Planalto:
ss
<< Eu sinto muito orgulho de participar desse processo. >>




José Genoino, Deputado Mensaleiro, formador de quadrilha e corrupto exemplar:
ss
<< Uma mulher corajosa, de luta! >>








Renan Calheiros, ex-presidente do Senado (renunciou em função de denúncias de corrupção e improbidade; pagava pensão de filho da amante com o nosso dinheiro) e maior fabricante de notas frias do país:
ss
<< Precisamos colocar a campanha de Dilma na rua! >> [3]






Wellington Salgado, senador corrupto, que esteve ao lado do igualmente corrupto Renan Calheiros [4]Está do lado de quem agora?
ss
<< Eu estou do lado da ministra Dilma. >>






MST, dispensa apresentações (mas há um vídeo bem representativo da atuação desses bandidos [5]):
ss
<< Vamos à luta! Vamos eleger Dilma Rousseff presidenta do Brasil! >> [6]





[1] - 63,5% dos presos estão com Dilma: http://twixar.com/Zhfq
[2] - Vídeo com Collor, Sarney, Zé Dirceu, Erenice... apoiando Dilma: http://twixar.com/6CCT
[3] - Renan Calheiros e Dilma: http://twixar.com/ph1sYU
[4] - Wellington Salgado: http://twixar.com/caFrY
[5] - O jeito MST de "lutar" por terra: http://twixar.com/Y37Wr
[6] - MST declara apoio a Dilma: http://twixar.com/NJHDG


Fotos da internet e do vídeo mencionado em [2].


Palavras-chave: Collor, Sarney, Maluf, Chávez, Zé Dirceu, Erenice, Genoino, Renan Calheiros, Wellington Salgado, MST, corrupção, improbidade, mensaleiro, PT

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Desarmamento: entregue sua arma, solte uma pombinha branca da paz e faça a felicidade da bandidagem



 
Alardear que não há político que preste, que a política é desinteressante e que o povo não deve com ela preocupar-se já foi uma estratégia das oligarquias dominantes no Brasil (como a Sarney e a Collor de Mello, aquelas que apoiam Dilma Rousseff nas eleições desse anos). 
Hoje, quando nos deparamos com os desmandos do governo federal e de seus atores, eternos militantes esquerdistas, sabemos que esvaziar o debate político é de grande interesse da Grã-Oligarquia Lulo-Petista.

Contudo, restam vozes portentosas e altivas nos parlamentos brasileiros. 
No Congresso, uma das vozes mais admiráveis é a do sr. Jair Bolosonaro (PP-RJ). 
O deputado Bolsonaro, dentre tantas atuações dignas de aplauso, foi responsável pelas mais verdadeiras palavras ditas no plenário sobre a sra. Dilma Rousseff, a candidata com a FICHA SUJA DE SANGUE.

Mas, por ora, fiquemos com esta pequena aula sobre a questão do Desarmamento - tema extremamente relevante, pois é um dos pontos polêmicos do PNDH-3, o AI-5 de Lula, Dilma e do PT.




Um dos grandes amigos de Lula e do PT, Raul Castro, irmão do democrata Fidel Castro, em uma foto da época da Revolução Cubana, demonstrando didaticamente o que acontece com um cidadão desarmado em confronto com bandidos. [N.E.]


Em Cuba, país dos sonhos da esquerda brasileira, a posse de arma branca é punida com até 10 anos de prisão, e arma de fogo não existe para o povo. Contudo, a violência cubana só não é maior que o ego do seu ditador. 


No Brasil, o desarmamento é política de poder e não de segurança, como reza a propagando oficial do governo. O PNDH-3 é a prova viva da sanha autoritária daqueles que semearam o terror no Brasil depois que fracassaram em aqui implantar o comunismo.

Os bandidos, nunca alvo do desarmamento, continuarão com a rotina de roubo e morte para manter seu adestramento. 

Pregar o desarmamento da população de bem tem se tornado eficaz veículo para angariar votos de ingênuos que creem que soltar pombinhas brancas em Copacabana ou abraçar a Lagoa porá fim à violência. O voto alimenta os demagogos que continuarão vendendo a ilusão de que a paz vem com beijinhos.

Gostaria de ser o comandante da PM por um dia para convidar esses "especialistas" de plantão a acompanhar a rotina de 24 horas desses soldados, constantemente ameaçados de morte, ganhando, para sustento próprio e da família, R$ 30, que é o valor que representa 1/30 da sua remuneração mensal bruta.

No Congresso, sempre estive na vanguarda contra propostas que visavam ao desarmamento dos bombeiros e PMs quando fora de serviço. Não consigo imaginar como um chefe de família ao ouvir um barulho à noite em casa consiga defender a vida e a honra desarmado. 

O povo já decidiu, em referendo, "não ao desarmamento", e os que não aceitam isso apenas demonstram não estarem preparados para a vida democrática. 

Deputado Federal Jair Bolsonaro, PP-RJ. 
Artigo publicado na seção Opinião, Jornal O Dia, em 15 de outubro de 2010.


Palavras-chave: Jair Bolsonaro, desarmamento, Cuba, segurança, PNDH-3, governo.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Dilma e o Aborto - O bebê de Rosemary Lula da Silva.

Em quem você vai votar?


Se você é CONTRA o aborto, certamente não vai querer votar na Dilma...

Eu acho que tem que haver a descriminalização do aborto. Hoje, no Brasil, isso é um absurdo que não haja. (sic
Dilma Rousseff, 4/10/2007 [http://twixar.com/jsNFB]. 


Se você é A FAVOR do aborto, certamente não vai querer votar na Dilma...

Eu, pessoalmente, sou contra o aborto. 

Dilma Rousseff, 29/9/2010 [http://twixar.com/NFH].

-----

O presidente, ente civil mais importante da República, deve ser um parâmetro moral para seu povo. 
Se uma candidata à presidência não sabe nem quais são seus princípios morais - ou, pior, sabe, mas os dissimula descaradamente para não perder votos - que moral terá quem respaldá-la e elegê-la?

-----

A propósito do aborto...

NÃO VOTE NESTA PLACENTA QUE O LULA PARIU!

O bebê de Rosemary Lula da Silva.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O Bordel do PT - aqui, quem se fode é você!


A cafetina, o proxeneta e o meretrício em mais uma festinha de arromba do Bordel do PT


O escárnio de Lula, Dilma e do PT está atingindo níveis outrora insondáveis.

Contudo, enquanto O Partido não cooptar (ou corromper mesmo) todos os partidos para sua base aliada – para que, em seguida, todos se transformem na una elite política lulista-castrista-chavista-maoísta-leninista-marxista – ainda haverá uma ou outra voz para denunciar os desmandos do PT e do sr. Luiz Inácio Lula da Silva, o filho do barril.

Aos fatos.

Quem se opõe a Lula não pode reclamar de haver sido governado por essa rara figura por oito anos – pois seu governo foi de “apenas” sete anos.

Em 2010 o presidente dedicou-se exclusivamente a atuar como cabo-eleitoral de sua candidata biônica, a assaltante de bancos e quadrilheira Dilma Rousseff.


O PT tem razão em chamar a grande mídia de golpista.

Lula passou o ano ignorando suas funções presidenciais, mas não deixou de ser muitíssimo bem remunerado com recursos do erário – composto, sobretudo, por tributos pagos pelo povo.

Viajou por todo o país utilizando os privilégios da máquina estatal para organizar sua logística e bancar seus deslocamentos, com sua imensa comitiva (formada por ministros, assessores e CCs, igualmente bem remunerados), para fazer campanha para Dilma em comícios e inaugurações de obras inexistentes e inacabadas.

E o que fez a grande imprensa nacional além de noticiar os mega-comícios e as pseudo-inaugurações como meros atos do expediente presidencial? Nada.

Que é isso se não um golpe nos bagos do cidadão?


E como limite é um termo incompatível às mendacidades do PT...

Nesta segunda-feira, 4/10, o presidente Lula chegou ao cúmulo de fazer uma reunião de campanha em pleno Palácio da Alvorada.

O presidente da República fazer uma reunião de campanha em pleno horário de expediente é sim pilhéria demais. Entretanto, ele já vem fazendo essa safadeza há meses – apavora, portanto, mas não surpreende.

Contudo, utilizar a residência presidencial – onde desde os parafusos das tomadas até os suntuosos banquetes oferecidos ao séquito lulista são pagos a duras penas por nós, contribuintes – para traçar as estratégias da campanha de Dilma no segundo turno extrapola quaisquer limites.

De modo que até mesmo a mui amável oposição não aguentou.

Gustavo Uribe, da Agência Estado, noticia:
O PPS anunciou no início da tarde desta terça-feira, 5, que irá ingressar nesta semana com representação no Ministério Público Eleitoral (MPE) pedindo a abertura de inquérito contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em decorrência de reunião promovida na manhã desta segunda no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente. O evento contou com a participação de governadores e senadores eleitos que fazem parte da base de apoio do governo. O objetivo foi discutir estratégias para a campanha da candidata do PT, Dilma Rousseff, no segundo turno.
Imaginemos que uma reunião como esta, feita no Palácio da Alvorada, com a presença de governadores e senadores situacionistas, fosse para deliberar sobre a campanha de José Serra, e que o atual presidente fosse o sr. Fernando Henrique Cardoso. Não é preciso muita imaginação para conceber o barulho que o PT estaria fazendo neste momento.

Enquanto oposição, o PT atacava ostensiva e raivosamente seus adversários, mesmo quando não havia razões comprovadas para isso. Primeiro batia, para depois explicar por quê.

De tanto acusar sem provar e de tanto cometer seus desmandos impunemente, hoje, quando a oposição e a imprensa finalmente decidem falar algumas verdades, ante qualquer acusação (ou até mesmo constatação) com provas fartamente documentadas, como a ligação entre o PT e as FARC, a petralhada esperneia e posiciona-se como um Cristo injustamente chibatado. (E clama pelo controle democrático e popular do governo sobre a imprensa.)

Não seria necessário agir com o ódio e a imoralidade do PT. Bastaria à oposição posicionar-se firmemente, com ações de facílima sustentação, como essa de Raul Jungmann, para que o PT não estivesse transformando Brasília em seu bordel particular.

Torçamos para que não seja demasiado tarde. 

Depois de 8 anos, o meretrício está tranquilamente instalado em Brasília, fazendo suas orgias mensaleiras e quebrando o sigilo de quem não se prostitui. 

Tudo sob o comando do proxeneta vagabundo e da meretriz quadrilheira.

Brasília, o Bordel do PT